LEMBRANÇAS


Nas areias que o mar banhara
Escrevi seu nome e o meu
As ondas apagaram...

Na brisa fria que meu corpo tocava
Gritei seu nome e o meu
Os ventos  levaram...

No seu ouvido quente eu sussurrei
meu nome
Mas nem assim você escutou.


Você se foi da minha vida
Como areia que escorre entre os dedos
Eu esperei  você voltar como as ondas
do mar na praia, mas você não voltou...

Hoje o que jaz mim é a solidão
e as lembranças desse amor

J. Sollo
3 comentários

Postagens mais visitadas