ALMA EXPRIMIDA!


Alma exprimida porque te calas?
Se tua voz é doce embala meu sonho
Será que te exprimes de fato ou reprimes teu ser
Tuas notas são soluços, mas falam ao coração

Alma, alma, gentil alma pura essência de luz
Medito em tuas frases, elas me trazem consolo
Eu as absorvo como se fosse o bálsamo
Então minha tristeza sentida tu vens e dissipa

São os lábios de minha criança a sorrir
Que fala tão forte, fala de dor sem o sentir
Não serás tu minha amada tão jovem?
E divagas serena tecendo canções

Tua mente conhece o presente e o futuro
Mas o passado retratas com cantos de dor
O que rasga teu ventre, será que tu sofres..?
Pois que exploda em versos qual lindo botão.

J. Sollo
1 comentário

Postagens mais visitadas