Descarrêgo








DESCARREGO







Se caio sem rumo na vida



Sereno vou levando



Sou valente, sou guerreiro, brigador





Ninguém me diz o que é certo



Sou rompido em desatinos



Meu verso é sem nexo, sem razão





Sei que “boi de piranha” não sou



O que não derrubo no braço



Apelo pra maldição



Sai “cruz-credo, pé de pato, mangalô





Sou mesmo um desvairado



Sou vento de bom augúrio



Talhado a fogo e facão





Guerreiro de mil batalhas vencedor



Eu dou rasteira na sorte



Eu dou bandeira pro cão!





Não tenho medo do escuro



Se for desse mundo eu conjuro



Se for de outro aí não!





Sou poeta visionário



Na chibata trago meu nome gravado



Vivo e morro nas sendas d’um cantador.





J. Sollo




























avast! Antivirus: Outbound message clean.



Virus Database (VPS): 090906-1, 06/09/2009
Tested on: 7/9/2009 11:48:44
avast! - copyright (c) 1988-2009 ALWIL Software.



2 comentários

Postagens mais visitadas