CINZAS

No meio da noite ouço um som qualquer
Talvez um grito, um lamento
Ou o compasso do meu proprio peito


Te amei tanto, foi perfeito
Você fugiu eu me calei para sempre
Meus olhos se desfizeram em dor
Olhei meu presente, tive saudades quis voltar...


A vida passa,o amor passa
Tudo passa vou calar minha voz,
meu coração eu já calei


Ouço outro som dessa vez com
nitidez. Paro o mundo fico a escutar 
Bem mais perto, já me toca!

É a dor dos meus olhos que
Minhas lágrimas lavaram

Mas nãoPuderam apagar.    
J. Sollo
Postar um comentário

Postagens mais visitadas