A COSTUREIRA

O vento tange o pano
A agulha tece o linho

O vento toca o fio
O tempo conta os anos

O fio enrosca ao vento
Dá trabalho, ai "suspiro"...

Os anos vão ligeiro
E o fio vai enroscando

Da máquina o tempo desfaz
Tesoura, pano, fita, cortina...

E a costureira vai trabalhando.

J. Sollo
Postar um comentário

Postagens mais visitadas