SENTIMENTO


Minhas palavras ao acaso
São meu grito de liberdade
Minha única maneira de calar
os sentimentos e desabafar o coração

Que sofre, sofre como alguém
que espera um amor que nunca chega
e transborda desse sentimento
Ao ponto de querer explodir como um vulcão
Calado mas não extinto

Que apenas vive através de "Gêiseres" melancólicos
Geiseres de tinta a manchar meu papel
E no qual eu calado grito com toda a força

Explodo em silêncio tudo o que me sufoca a alma...

J. Sollo
Postar um comentário

Postagens mais visitadas