SERENA FLOR



Não dessas que exalam suave perfume
E nos transportam como carruagens velozes
Até os sonhos mais inimagináveis.                                                                    

Não dessas que brilham de cores
E parecem desfazer-se ao toque
Simples de um amor, amor!...

Não dessas que sobrevivem nos campos
E não pedem nada, para viver e trazer alegria
E riso aos namorados anônimos.

Serena flor é você amor,  que livra da dor
Pois sente na alma o que sinto
Assim com teu sorriso, apagas e acalma os meus temores.

Serena flor é você amor, que compreendes
Meu olhar sem palavras, minha boca sem riso...
E ainda assim me queres tão bem.

Serena flor é você amor, que além do perfume
Além da cor, além dos campos e mais.
És flor, amor, mãe, amiga
Mulher.

Meu porto seguro, onde aportam meus navios
Carregados de esperança.

J. Sollo
Postar um comentário

Postagens mais visitadas