CUMPLICES

Deixa eu por estrelas
no céu de tua boca
Ser mel a adoçar teus lábios
Cativar a menina dos teus olhos
Tudo isso porque te amo!

Deixa acordar a teu lado a cada dia
Pisar nos mesmos caminhos por onde vais
Sentir na pele teus carinhos
E unido a teu destino compartilhar também
Tuas chagas, despido de tolos pudores

As misérias do meu viver sombrio
são pequenas quando te abraço
Me fazes ver quão grande pode ser o amor
E como são sublimes suas dádivas de redenção

É um doce torpor unir meu corpo a tal ardor
te rogo que não temas, sou eu de novo a tocar tuas mãos

Beijo com ternura teu tenro seio que pulsa
Há fogo em teus olhos que clamam atenção

Então sacio teu corpo molhado de orvalho
e velo por teu sono doce ninfa dos campos.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas